Demanda de serviço e sua precificação

A principal dificuldade quando o assunto é preço de venda aplicados em serviço está na intangibilidade, ao contrário do produto você não consegue “tocar” o serviço, por exemplo, em uma consultoria financeira, o conhecimento do consultor é difícil de medir antes do inicio das atividades, podendo por vezes ser mensurada no final do serviço e de forma subjetiva.

Vamos falar então de um formato de precificação conhecido como variável, método pouco utilizado até então mas que vem ganhando força no cenário atual, onde tanto o tomador quanto o prestador prezam por resultado obtido x tempo aplicado na execução.

O método variável/tempo tem duas principais características, a variação de preço entre sua carteira de clientes e a efetiva cobrança por trabalho e tempo empregados no serviço.

Vamos a um exemplo, onde um escritório contábil possui uma carteira de 100 clientes, entre eles os mais variáveis, sejam em tributação ou demanda de serviço. Ao iniciar a validação da precificação o prestador de serviço (nesse caso contador) irá analisar a complexidade das demandas a serem atendidas a esse cliente, assim como quais colaboradores do seu escritório irão demandar seu tempo para atende-las, sendo assim o prestador poderá definir ao seu cliente qual o preço por HORA trabalhada, assim definindo que o honorário do cliente será variável pela demanda aplicada nele (horas) x o valor da precificação por hora encontrada.

Para chegar a um patamar de aplicação do método variável o prestador precisa ter algumas variáveis bem definidas:

  • Custo da hora de cada colaborador;
  • Custo para manter a estrutura (esse que será absorvido pela carteira de clientes);
  • Margem de lucro desejada

Lembrando que além disso, o prestador de serviço deverá possuir um controle de atividades empregadas a cada cliente, podendo assim apresentar no mês junto a cobrança o resumo de atividades prestadas.

O método variável é considerado um dos mais complexos de se aplicar, mas certamente é o que mais garante uma taxa de retorno segura ao prestador de serviço, tendo em vista que cada minuto aplicado ao determinado cliente se transforme em receita.